matheus zanchini

 


Em um sobrado da década de 50 , que remete a arquitetura das casas dos avós do casal que comandam os Borgos, o chef Matheus Zanchini, ao lado da esposa Bianca Giacomelli, trazem uma proposta de gastronomia que transcende as tradicionais "cantinas" da Mooca. O casal elegeu o bairro para abrir seus negócios, por fazer parte da história da família, tendo o aberto o primeiro restaurante na mesma rua que Bianca e sua família moram desde pequena, além de ser atrás do Clube Atlético Juventus, o maior emblema do bairro.

Apelidado pelos clientes - entre eles diversos chefs renomados de São Paulo - como a casa de comida "punk Italiana", o Borgo Mooca nasce em Agosto de 2017 e traz aos comensais pratos ultrajantes que mudam semanalmente, apoiados somente em ingredientes frescos e especiais, através de combinações inusitadas e técnicas que flertam de perto com a França.
 

Dado o sucesso da primeira casa, surge em Julho de 2019 a possibilidade de expansão, porém através de um outro conceito. O Borgo Brace é a segunda casa da "família Borgo", e é especializado em carnes especiais, com cortes bovinos 100% uruguaios, como a Bistecca Fiorentina, peixes, como lombo de atum fresco, e frutos do mar feitos à carvão e à lenha frutífera.

@cantineirosmokemaster

Borgo Mooca e Borgo Brace

 

O restaurante conta com uma parrilla fabricada sob medida em que preparam os pratos. Nela, a terra e o mar são feitos a lenha e a carvão com saborosas guarnições. Além das carnes, algumas entradas coincidem com as mais pedidas da primeira casa, como a Burrata e a Carne Cruda, e os acompanhamentos têm inspiração Italiana, como a pasta fresca reginette ai funghi trifolati.

Além dos restaurantes, o casal ainda abriu DiSPensa del Borgo, que nasceu para funcionar como um entreposto, ou seja, a ideia era ocupar a garagem e vender queijos e embutidos artesanais aos clientes de saída do Borgo Mooca. O espaço se desenvolveu, ganhou personalidade, cardápio próprio e virou um bar, funcionando também como uma extensão da espera da casa.


O cardápio da Dispensa conta com caprichadas tábuas de queijos e salumeria, que variam de acordo com a capacidade de produção dos pequenos fornecedores, há sanduíches como o de pastrami, feito ali na casa com queijo fontina, montado no brioche tostado e o famoso “Toncazzo” uma releitura divertida dos “Katsu Sando”, servido em alternância de carne bovina, suína e também na versão com atum mal passado . Algumas das opções de pratos descem do restaurante para o bar, como a carne cruda e a burrata .

Para beber, a carta lista cervejas artesanais e vinhos naturais. Além disso, todo segundo sábado do mês, a casa recebe uma roda de samba em homenagem a Adoniran Barbosa, símbolo do samba paulistano, e figura representativa da Mooca

@borgomooca @borgobrace